Gestão

Novo Manual de Coleta de Amostras (PNCQ)

Auxiliando a reduzir os erros pré analíticos

No processo de atendimento do laboratório de análises clínicas existem três importantes fases: pré-analítica, analítica e pós-analítica.

Respectivamente, essas etapas correspondem a preparação, coleta, armazenamento e transporte de amostras; realização dos exames e, por final, aos processos de validação e liberação de laudos com a entrega para o médico.

A primeira fase, a pré-analítica, é responsável pela maior parte dos erros ocorridos em um laboratório de análises clínicas.

De acordo com estudos realizados por Binita Goswami, cerca de 77% das falhas encontram-se na fase pré-analítica, seguido de 15% na pós-analítica e 7,9% na analítica.

Os erros pré-analíticos podem ter numerosas origens como: identificação incorreta do paciente, ordem dos tubos
incorreta durante a coleta, utilização do aditivo inadequado, erros de rotulação, tempo decorrido entre a coleta e a realização do teste e erros burocráticos.

Por este motivo, a gestão bem realizada desta etapa é essencial para a diminuição de erros laboratoriais e consequentemente melhorar a segurança do paciente em relação a qualidade do laudo entregue no final do processo.

Você também pode se interessar pela Segurança do Paciente no laboratório. Clique aqui e saiba mais.

 

Parte do processo de gestão é  o desenvolvimento de bons manuais e instruções de trabalho que oriente os colaboradores a respeito da maneiro que devem realizar suas atividades.

Sem a utilização de procedimentos que visem a excelência das práticas laboratoriais é pouco provável que as amostras e os resultados obtidos possam ser comparáveis entre laboratórios diferentes.

Além do desenvolvimento de manuais e instruções é necessário que programas de treinamento que abordem as boas práticas laboratoriais sejam implementados para que flebotomistas/coletadores bem preparados sejam formados.

Muitas causas dos chamados “erros de laboratório” estão relacionados a fatores não-analíticos como a forma de coleta, manuseio e transporte da amostra.

Por este motivo e para auxiliar os laboratórios no desenvolvimento de seus manuais internos, o Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ) lançou a versão 2019 do Manual de Coleta de Amostras e você pode acessá-lo utilizando o botão a seguir.

Acesse o novo Manual de Coleta
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios