Qualidade

O que há de novo na ISO 31000:2018?

Os riscos que as organizações enfrentam mudaram significativamente nos últimos 9 anos. Riscos como terrorismo e ciberataques (Saiba mais sobre a LGPD) não eram tão prevalentes há uma década.

Para se adaptar a essas novas realidades e facilitar o gerenciamento de riscos, a norma ISO 31000 – Gerenciamento de Riscos foi revisada e a última versão lançada em 2018.

Simples é a melhor maneira de descrever o novo padrão ISO 31000:2018. É claro e conciso, ao mesmo tempo em que fornece detalhes suficientes para ser aplicável à organização em qualquer lugar do mundo e aplicado a diferentes processos – de finanças a produção.

A norma revisada foi apresentada com uma linguagem simples onde os fundamentos de gerenciamento de risco podem ser entendidos por todos. Para tornar o padrão acessível e fácil de entender, sua terminologia foi revisada e certos termos usados ​​no gerenciamento de riscos foram movidos para a Guia ISO 73 – Gestão de Risco – Vocabulário.

Para saber mais sobre Gerenciamento de Riscos clique aqui.

Além das mudanças destinadas a tornar a norma mais fácil de ler e aplicar, também houve mudanças em relação aos princípios de gerenciamento de risco.

Na ISO 31000:2018, esses princípios são projetados para que o gerenciamento de riscos forneça Criação e Proteção de Valor a todas as organizações. Esses princípios fazem o gerenciamento de riscos:

  • Integrado
  • Estruturado e abrangente
  • Personalizado
  • Inclusivo
  • Dinâmico
  • Baseado na melhor informação disponível
  • Consciente de fatores humanos e culturais
  • Focado na melhoria contínua

Esses princípios e a nova definição de risco da norma como o “efeito da incerteza sobre os objetivos” levarão as organizações a olhar para as incertezas internas e externas que poderiam comprometer as conquistas de seus objetivos.

Desta forma, a gestão de riscos é adaptada às necessidades e objetivos de cada organização. Os princípios integrados e inclusivos ajudam as organizações a desenvolver um sistema que leva a gestão de riscos ao centro da tomada de decisões e que apóia todas as atividades em toda a organização.

A ISO 31000:2018 reconhece que os riscos estão sempre mudando, portanto, o sistema desenvolvimento pela instituição deve ser flexível e dinâmico para se adaptar às incertezas, sempre com foco na melhoria contínua dos processos.

No geral, a nova norma ISO 31000:2018 apresenta diretrizes para um gerenciamento de riscos efetivo e eficiente de maneira simples. Essas diretrizes ajudarão as organizações a entender e abordar as diferentes incertezas que inevitavelmente aparecerão em seu caminho durante a caminhada para alcançar seus objetivos.

Fonte: ISO Update

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios